Home » Publicações » 2013 » ARM TELECOM APRONTANDO: ESTÃO MEXENDO COM O FOGO!

ARM TELECOM APRONTANDO: ESTÃO MEXENDO COM O FOGO!

Não vão brincar de “Gastão”

com o bolso do trabalhador!

São bizarros os casos criados pelos gestores da ARM Telecom. É o mínimo que se pode dizer! O saudoso Chico Anysio, com certeza, teria muitas inspirações para redigir os quadros do personagem “Gastão”, o símbolo do “pão-durismo cruel”!

BRINCADEIRA TEM HORA!

Os exemplos borbulham. No momento em que estávamos escrevendo este boletim, chegava mais uma história doida pelo e-mail: ao reclamar da falta de copinhos plásticos para tomar água, o empregado foi informado que a ARM iria fornecer apenas um copinho por dia para cada trabalhador. É ou não é bizarro?!!

Pois é! Os desmandos e desrespeitos de todo tipo viraram rotina na Empresa, que parece pretender fazer todas as suas economias à custa do sofrimento dos seus empregados, seja no RH, no CRM, na Operação…, em fim, onde for possível e imaginável!

RESULTADO É A BAGUNÇA GERAL!

Resultado desta Série Especial do Arrocho, de “Gastão, o Retorno”, vem ocasionando acúmulo de serviços e gerando erros inadmissíveis nas folhas de pagamento, no cartão ponto, no pagamento de horas extras, no pagamento de aluguel de carros, penalizando, é claro, os trabalhadores.

O que a Categoria e a direção do Sinttel-SC não vai admitir é que estes erros cometidos por falta de pessoal se transformem em prejuízos corriqueiros para o trabalhador, que já é mal remunerado pelos bons serviços que presta no dia-a-dia, do jeito que pode e consegue.

Há perdas de todas as formas. Quem vai arcar, por exemplo, com os encargos financeiros incidentes em financiamento de carros, os quais não foram pagos em dia na sua locação? Quem irá pagar os juros dos cartões de crédito, multas dos carnês, multas de aluguéis residenciais, prestação atrasada de colégios, etc., em razão do não pagamento correto de horas extras efetivamente trabalhadas? E os pagamentos reduzidos por descontos indevidos por erro nos pontos diários? Quem paga este prejuízo todo?!

VÃO APRENDER QUE AQUI É DIFERENTE!

Chega dessa exploração! Chega de ouvir dos gestores daqui que nada podem fazer, uma vez que a sede da Empresa fica em Fortaleza! Será que o Ceará fica tão longe que a Lei Trabalhista é outra?! Basta de brincar de “Gastão”!

O que importa para nós de Santa Catarina é que sempre tivemos respeito pelo bom trabalho em nosso Estado. Sempre fomos referência de qualidade no País. Se vieram de outro estado para explorar a mão-de-obra catarinense, estão muito enganados! Aqui tem trabalhador qualificado, organizado e consciente. A nossa paciência esgotou!
Estamos com os olhos bem abertos e prontos para agir dentro do que nos garante a Lei e o Acordo Coletivo vigente. Se preciso for – e já o fizemos várias vezes – vamos levantar fileiras, mobilizar a Categoria para exigir o devido respeito aos nossos direitos e condições de trabalho.

Nem pensem em testar nossa capacidade de unidade e de luta. N’outras batalhas, até de maior envergadura, mostramos bem a consciência e a maturidade do trabalhador telefônico de Santa Catarina. Não hesitaremos em “brigar” seja em que campo for necessário!

A ARM Telecom, na verdade, não nos conhece bem. Parece que estão curiosos em saber até onde podemos ir para defender nossos direitos! Pelo jeito vão nos conhecer em seguida! Falta bem pouco!

SE QUEREM VER, VÃO VER!

Não nos dá nenhuma satisfação partir para o confronto. Entretanto, ninguém vai brincar de “Gastão” com o bolso do telefônico catarinense! Vão ganhar o que estão fazendo por merecer!

A direção do Sinttel-SC e a Categoria estão avaliando a conjuntura e cada passo da ARM Telecom no Estado. A resposta virá na hora certa! Quem viver, verá, como em outras vezes!

LEIA O BOLETIM 801 EM PDF

Esta notícia foi importada automaticamente de nosso antigo website. Caso você identifique algum problema com o conteúdo da mesma, use a área de comentários para nos informar e corrigiremos o problema rapidamente.

Convênios para associados: