Home » Publicações » 2014 » TELEFONICA/VIVO – REUNIÃO DE NEGOCIAÇÃO PARA ACORDO COLETIVO DE TRABALHO DE 2014/2015:

TELEFONICA/VIVO – REUNIÃO DE NEGOCIAÇÃO PARA ACORDO COLETIVO DE TRABALHO DE 2014/2015:

Date Base garantida,

mas o jogo é duro!

Como era de se esperar, a choradeira foi grande… Outra vez, os gestores da Vivo, trouxeram os argumentos de sempre para negociar o Acordo Coletivo de Trabalho – ACT de 2014/2015.

A rodada de negociação entre a Comissão Nacional da Fenattel e os representantes das Telefonica/Vivo, aconteceu nos dias 27 e 28.

No primeiro dia (27) a Empresa entregou aos dirigentes sindicais uma carta de garantia da Data Base da Categoria e apresentou os itens para a negociação. São eles:

1) Análise das 103 Cláusulas do Elenco de Reivindicações;

2) Unificação de Cláusulas;

3) Assistência Médica;

4) Auxilio Alimentação;

5) A PROPOSTA DA EMPRESA;

Os gestores da Vivo também se pronunciaram a respeito da Pauta de Reivindicações aprovada pelos trabalhadores. A Empresa, segundo asseguram, não pode atender algumas cláusulas, informado, ainda, que já cumpre outras cláusulas, não havendo possibilidade de avanço.

Os representantes da Vivo mostraram interesse em unificar nos Estados algumas cláusulas, alegando uma melhoria na operação.

O choro atingiu o Plano Médico. A Vivo diz ter um alto custo com a Assistência Médica, salientando de que se trata de um problema que atinge todas as empresas do País.

Os gestores da Vivo também falaram dos Vales, Alimentação e Refeição. Apresentaram na reunião uma pesquisa de mercado sobre o preço da alimentação em algumas das maiores capitais e regiões do País. A Empresa pretende – com a pesquisa – usar “bons” argumentos para “reajustar” o Vale Refeição e o Vale Alimentação dos seus empregados, por ocasião da data base.

Obviamente, os dirigentes da Comissão/Fenattel já deixaram claro esta pesquisa realizada não será aceita pata qualquer cálculo de balizamento para o reajuste deste benefício.

Por fim, a Vivo trouxe à mesa de negociações a sua proposta financeira para o ACT. É a seguinte:

REAJUSTE SALARIAL

• Salários até R$ 7.000,00, corrigidos em 5,20% (80% do INPC projetado), a partir de 1º de Janeiro de 2015;

• Salários superiores à R$ 7.000,00 terão R$ 364,00 incorporados ao salário a partir de Janeiro de 2015. Exceto executivos, estagiários e aprendizes. Esta faixa salarial engloba 85% dos empregados elegíveis;

PISO SALARIAL

A partir de Janeiro/2015:

• Administrativos – R$ 1.032,57

• Lojas (220 horas) – R$ 1.001,46

• Lojas (180 horas) – R$ 796,43

AUXÍLIO ALIMENTAÇÃO

• Administrativos – Manutenção dos valores praticados.

• Lojas – Correção de 5,20% a partir de Janeiro de 2015.

AUXÍLIO CRECHE/BABÁ

• Administrativos

Reajuste de 5,20%, a partir de janeiro/2015, para os estados AL, BA, CE, PE, RN e SP. Para os demais estados, manutenção do valor.

• Lojas

Reajuste de 5,20%, a partir de janeiro de 2015, para os estados AM, AP, PR, RO, RR, SC e SP. Para os demais estados, manutenção do valor.

• Manutenção da coparticipação dos empregados

AUXÍLIO CRECHE ESPECIAL

• Administrativos – Manutenção do valor praticado, R$ 859,20.

• Lojas – Correção de 5,20% sobre o valor, em Janeiro/2015, passando para R$ 282,16.

REEMBOLSO DE QUILOMETRAGEM

• Manutenção do valor praticado, R$ 0,90 por quilometro.

AUXÍLIO FUNERAL E QUEBRA DE CAIXA

• Correção de 5,20% sobre o valor atual, em Janeiro/2015

BANCODE HORAS

• Ampliação do prazo de compensação para 180 dias.

ADIANTAMENTO DO 13º SALÁRIO

• 1º parcela do 13º salário será no mês de fevereiro/15 e o pagamento até 20 de dezembro/15

A CONTRA PROPOSTA DA COMISSÃO/FENATTEL

A Comissão/Fenattel avaliou os números e o conjunto da proposta em si e informou aos gestores da Vivo o que é caracterizado como premissa para a negociação do novo ACT. Os itens são os seguintes:

REAJUSTE SALARIAL E DO PISO SALARIAL

– Reajuste com a aplicação de 100% do INPC, acrescido de 5% de aumento real, de forma linear.

BENEFÍCIOS

– Deverá haver a correção pela aplicação de 100% do INPC, acrescido de 5% no valor do maior benefício nacional (todos), devendo todos os demais valores, dos demais estados, que estiverem abaixo serem alinhados com os referidos benefícios já reajustados.

PPR

– Aumento do TARGET;

– Alinhamento de Cláusulas;

– Alinhamento das cláusulas em todos os estados, devendo ser considerada como paradigma a cláusula que melhor atender ao interesse e direitos dos trabalhadores.

BANCO DE HORAS

– Foi informado pela comissão que o trabalhador tem que receber pelas horas trabalhadas, sendo que, caso haja a manutenção do Banco de Horas, todas as horas deverão ser turbinadas, mantendo-se as demais condições constantes do ACT.

ASSISTÊNCIA MÉDICA

– Manutenção do modelo atual.

DEMAIS CLÁUSULAS

– A comissão fará análise e dará a devolutiva na próxima reunião.

PRÓXIMA RODADA DE NEGOCIAÇÃO

Ficou agendada uma nova rodada de negociações para os dias 24 e 25 de setembro/2014.

Espera-se que nesta reunião, os representantes da Telefonica/Vivo estejam mais sensíveis e identificados com as expectativas da Comissão/Fernattel e dos seus empregados.

PARA IMPRIMIR EM PDF

Esta notícia foi importada automaticamente de nosso antigo website. Caso você identifique algum problema com o conteúdo da mesma, use a área de comentários para nos informar e corrigiremos o problema rapidamente.

Convênios para associados: