Home » Publicações » 2014 » Carta aberta do FENATTEL aos trabalhadores de telecomunicações e à população em geral:

Carta aberta do FENATTEL aos trabalhadores de telecomunicações e à população em geral:

Trabalhadores e Trabalhadoras, Usuários

e usuárias dos sistemas de telecomunicação!

O Brasil vive um momento único na história, com melhoria em geral na qualidade de vida e no acesso a serviços, antes não imaginado, como por exemplo, no nosso setor, a quantidade de acessos à internet móvel e amplo acesso tecnologia da informação.

Muitas categorias que têm data base no segundo semestre, organizam suas campanhas, realizam assembleias e mobilização e ameaçam com greves para obter aumentos reais de salários, como aconteceu no primeiro semestre deste ano e como fazem os Bancários desde o dia 1 de outubro.

Os trabalhadores em telecomunicações comprometidos com a qualidade dos serviços oferecidos e tecnicamente responsáveis pela operação de todos esses avanços na vida de milhões e milhões de pessoas, sofrem com más condições de trabalho, falta de investimentos das empresas operadoras e denunciam em público a realidade que vivem;

a) As operadoras têm conseguido lucros exorbitantes, cobram de cada um de nós, os preços mais altos do mundo e entregam serviços que poderiam ser muito melhores;

b) As empresas de telecomunicação em geral enviam bilhões de dólares às suas matrizes no exterior, pagam altos dividendos aos acionistas enquanto submetem os trabalhadores a condições indignas de remuneração;

c) Essas mesmas empresas aumentam abusivamente seu faturamento graças a terceirização que é responsável pela redução constante da massa salarial;

d) Usam e abusam da rotatividade no emprego, como forma provada de redução salarial, uma vez que, os que são contratados entram ganhando em média 12% menos do que os que saíram, numa dança das cadeiras do empobrecimento de quem trabalha;

e) Nos serviços terceirizados dos chamados call centers a brutal exploração dos jovens causa problemas de ansiedade, depressão e pânico numa parte da nossa população que antes não sabia o que era isso;

Empregam milhares de pessoas em todo país, pagando mal, sonegando direitos, descumprindo as leis de proteção à saúde no trabalho;

BASTA!

Aproximamo-nos mais uma vez das negociações coletivas de trabalho para cerca de UM MILHÃO de trabalhadores do setor, em todo país, que ajudam a sua vida a ter mais comodidade e facilidade, como o direito à comunicação e expressão.

ALERTA!

Alertamos a todos e a todas, trabalhadores e usuários, que este ano não aceitaremos como propostas patronais nas mesas, as migalhas quase sem aumento real, não aceitaremos as manobras das empresas de jogarem ora com um sindicato, ora com outros, para pagar menos a quem produz.

Convocamos todos os trabalhadores e usuários no país para um Movimento Firme em defesa da qualidade dos serviços de telecomunicações e da dignidade dos trabalhadores.

NÃO ESTÁ DESCARTADO UM DIA DE APAGÃO NAS TELECOMUNICAÇÕES!

Essa será a resposta firme da FENATTEL (Federação Nacional dos Trabalhadores em Telecomunicações) e dos SINTTEIS, comprometidos com essas bandeiras e esses direitos diante da intransigência e pouco caso das empresas.

ESSA LUTA TAMBÉM É SUA! PEDIMOS SEU APOIO, SUA PARTICIPAÇÃO E SOLIDARIEDADE porque lutamos pelo seu direito a um serviço de qualidade a um preço justo e por isso também apoiamos a luta pela Banda Larga para Todos!

    

A DIRETORIA DA FENATTEL/ SINTTEL-SC

Esta notícia foi importada automaticamente de nosso antigo website. Caso você identifique algum problema com o conteúdo da mesma, use a área de comentários para nos informar e corrigiremos o problema rapidamente.

Convênios para associados: