Home » Publicações » 2015 » OI PASSA POR CIMA DO ACORDO/PLACAR E DESRESPEITA, DE NOVO, SINDICATO E TRABALHADORES!

OI PASSA POR CIMA DO ACORDO/PLACAR E DESRESPEITA, DE NOVO, SINDICATO E TRABALHADORES!

Pagam 2,3 salários,

quando poderia ser 4!

No Acordo do Placar 2014, o item 4 diz que “decisões empresariais de caráter estratégico ou fatores externos que venham a ter significativa repercussão no resultado global do PLACAR 2014, poderão, eventualmente, ensejar ajustes equivalentes aos efeitos das decisões ou fatores externos. Nessa hipótese, as partes acordantes se reunirão para avaliar os impactos dessa influência.”

Parece bem claro que, mais um vez, a Empresa Oi passa por cima do que foi acordado e, simplesmente, desconsidera e desrespeita as entidades sindicais e, em especial, seus trabalhadores.

O malfadado sistema CLICK, imposto aos trabalhadores das terceirizadas da OI, herança maldita deixada pelo presidente anterior e seus gestores, levou e continua levando a Empresa a uma perda cada vez maior de clientes e é – obviamente – uma decisão empresarial de caráter estratégico (péssima decisão pelo que os de resultados mercado vem demostrando até o momento).

E alguém tem dúvida de que a greve de 29 dias que ocorreu na empresa terceirizada RM, no ano passado é um fator externo? E além de ser fator externo, esta greve foi causada por decisões empresariais de caráter estratégico totalmente equivocadas: a implantação do CLICK e o arrocho que está sendo imposto aos trabalhadores das empresas terceirizadas, caso da RM, aqui em Santa Catarina.

No mínimo a Oi deveria se reunir com a Comissão Nacional de Negociação e ouvir suas ponderações, mas, parece que a Empresa considera a negociação uma via de mão única. Com certeza, não é com posições assim, de desrespeito aos seus trabalhadores, representado pelas demissões e pela desconsideração do pactuado que vão tirar a Empresa do buraco.

SINDICATO JÁ ALERTAVA SOBRE O CLICK
No dia 5 de setembro do ano passado o Sinttel-SC participou de reunião entre dirigentes sindicais da Comissão Nacional de Negociação da Fenattel e gestores da Oi e já alertava os problemas que o sistema CLICK vinha (e continua até hoje) gerando no dia a dia dos trabalhadores da RM/Planta Externa. A Empresa afirmou que a ferramenta seria para melhorar a qualidade dos serviços para os clientes OI.

Na época relatamos os problemas que essa nova ferramenta vem trazendo para os trabalhadores catarinenses da RM incluindo prejuízos financeiros (e agora este prejuízo se refletiu nos trabalhadores da própria Oi).

Os sindicalistas apontaram, por exemplo, problemas com deslocamento improdutivo, pendência de serviços, problemas no despacho de prioridades ANATEL/PROCON, serviços despachados durante o horário do almoço e após a jornada (desrespeitando o descanso do trabalhador), e ainda, os serviços improdutivos e as agressões que os trabalhadores vem sofrendo por clientes/Oi, em decorrência deste sistema.

Chegamos a ouvir um episódio em que o trabalhador estava atendendo um problema numa casa e foi ameaçado de levar uma surra do vizinho do lado, caso se retirasse para atender um outro serviço (como lhe obriga o software click), não resolvendo o problema daquele cliente (que muitas vezes estava esperando atendimento a mais de duas semanas).

No entendimento do Sindicato, não resta dúvida sobre os prejuízos que o CLICK vem causando aos indicadores do PLACAR 2014. A Empresa tem a obrigação de se reunir com os Sindicatos, em respeito aos seus trabalhadores, e explicar os resultados e as razões deste resultado do Placar.

Esta notícia foi importada automaticamente de nosso antigo website. Caso você identifique algum problema com o conteúdo da mesma, use a área de comentários para nos informar e corrigiremos o problema rapidamente.

Convênios para associados: