Home » Publicações » 2015 » PPR 2014 NA RM – EMPRESA DEIXA SEUS EMPREGADOS A VER NAVIOS!

PPR 2014 NA RM – EMPRESA DEIXA SEUS EMPREGADOS A VER NAVIOS!

Trabalhador e Sinttel-SC não

aceitam + esta discriminação!

A Operadora Oi pagou hoje (17) a todos seus trabalhadores no Brasil o Placar que é o PPR.

Em alguns estados, o Placar chegou a 3,5 salários.

No entanto, a Empresa RM Telecom, que presta serviços a Operadora, já comunicou – em reunião com os Sindicatos de todo País, que não irá pagar o PPR 2014 aos seus trabalhadores.

Não ficam nem vermelhos, alegando que a empresa teve um faturamento de aproximadamente 1bilhão e 100 milhões de reais e que restou somente um lucro de cerca de R$ 11 milhões de reais. Ou seja, a RM ficou com todo o resultado do esforço dos trabalhadores, deixando a Categoria a ver navios!

Os trabalhadores terceirizados – que sustentam toda a estrutura da Operadora – e que são responsáveis diretos pelo espectacular faturamento – irão receber NADA de PPR referente ao ano de 2014.

Esse é mais um exemplo típico de que a terceirização da atividade fim – conforme o Projeto de Lei 43.330 só servirá para aprofundar a precarização do trabalho e não regulamentar a situação dos trabalhadores terceirizados, como defendem os muitos lá no Congresso Nacional.

Já está comprovado que SC é uns dos Estados do Sul do Brasil que tem o maior rendimento para os cofres da OI, graças aos bons serviços praticados pelos trabalhadores catarinenses, terceirizados ou não.

Os trabalhadores da RM Telecom não tem culpa do Sistema Click implantado em 2014, que acabou precarizando, ainda mais, a atividade, aumentando os prejuízos financeiros aos trabalhadores.

É inexplicável que a Operadora pague o Placar/PPR aos seus trabalhadores e a RM se negue a fazer esta justiça. Com a maior cara de pau, seus gestores alegam que a Empresa não teve lucros para pagar PPR aos seus empregados.

A Categoria e o Sinttel-SC não aceitam mais esta exploração e desrespeito com os Trabalhadores Telefônicos, quando todo mundo sabe que a principal atividade da Oi desempenhada pela mão de obra fornecida pela RM Telecom.

Ninguém é palhaço! Os empregados da RM são os que mais merecem a PPR de 2014! Isso não pode ficar assim!

O Sinttel-SC e os trabalhadores não irão aceitar mais este absurdo, tendo trabalhado duro o ano todo e ficar sem o PPR 2014.

É bom que a RM Telecom e a Operadora Oi se preparem para as negociações do Acordo Coletivo de Trabalho que vem ai. Este direito será reivindicado!

O PPR 2014 é de direito dos Trabalhadores Telefônicos e vamos cobrar justiça e respeito, como já fizemos em outras oportunidades.

Esta notícia foi importada automaticamente de nosso antigo website. Caso você identifique algum problema com o conteúdo da mesma, use a área de comentários para nos informar e corrigiremos o problema rapidamente.

Convênios para associados: