Home » Publicações » 2015 » TRABALHADOR DE OLHO NOS SEUS DIREITOS!

TRABALHADOR DE OLHO NOS SEUS DIREITOS!

Comissão pode votar nesta terça (5)

mudanças nas regras previdenciárias

Na foto, o relator, deputado Carlos Zarattini (PT-SP) e o presidente da comissão mista da MP 664, senador José Pimentel (PT-CE)

Na foto, o relator, deputado Carlos Zarattini (PT-SP) e o presidente da comissão mista da MP 664, senador José Pimentel (PT-CE)A Comissão Mista da MP 664/14, que estabelece novas regras para concessão de auxílio-doença e pensão por morte, reúne-se nesta terça-feira (5) para votar o relatório apresentado na semana passada pelo deputado Carlos Zarattini (PT-SP).

A votação na comissão mista foi adiada para 5 de maio devido a um pedido de vista coletiva. O parecer traz diversas modificações em relação ao texto do governo.

A principal novidade é a redução, de 24 para 18 meses, do prazo mínimo de contribuição para que a pensão por morte seja concedida para o cônjuge ou companheiro — a Lei de Benefícios da Previdência Social (8.213/91), alterada pela MP, não estabelecia tempo de carência. A medida também exige um tempo mínimo de dois anos de casamento ou união estável, que foi mantido pelo relator — outra regra que não existia na lei.

De acordo com o texto do deputado, se o segurado morrer antes de completar as 18 contribuições ou se o casamento tiver menos de dois anos, o parceiro terá direito a quatro meses de pensão. Esse dispositivo também não constava no texto original da MP. (…)

(Marcos Oliveira/Agência Senado)


Em 4 de maio de 2015

LEIA MAIS, DIRETO NA FONTE >

Esta notícia foi importada automaticamente de nosso antigo website. Caso você identifique algum problema com o conteúdo da mesma, use a área de comentários para nos informar e corrigiremos o problema rapidamente.

Convênios para associados: