Home » Palavra do Presidente » Palavra do Presidente

Palavra do Presidente

Companheiros, fevereiro está sendo um mês de muitas preocupações e lutas. O cenário não está bom, mas o Sinttel-SC não mede esforços para garantir os direitos dos trabalhadores.  Está previsto, para o primeiro semestre, a sucessão da prestadora de serviços da OI, RM pela empresa SEREDE. A RM, prestadora de serviços da OI, será substituída pela empresa SEREDE, que garante manter os históricos funcionais dos respectivos funcionários. Esta é uma transição que o sindicato acompanhará, de perto, tomando parte em todas as negociações.

O setor de Call Center enfrenta grande resistência das empresas nas negociações, mas o Sindicato continua a batalha a favor da categoria. Já tivemos três reuniões para ouvir as propostas do patronal, infelizmente, sem sucesso. Os patrões insistem em apresentar poucos aumentos nos benefícios, que não atendem a expectativa da grande maioria. O Sinttel-SC tem plena noção do que os trabalhadores de teleatendimento têm enfrentado junto às empresas em que desempenham suas funções. Neste momento o Sindicato esperava que as empresas formulassem propostas mais coerentes, visando melhorias palpáveis à categoria.

O cenário também está ruim para a TIM.  A operadora deve demitir 8% – oito por cento – do quadro de funcionários. A leva de demissões está prevista para acontecer até o mês de março. Com isso, infelizmente, o índice de desemprego vai crescer. E, mais uma vez, o alvo das lesões, consequentes desta decisão, será o trabalhador.

Além de todas estas situações, temos o cenário politico e econômico do País. A previdência, por exemplo, será debatida pelo Fórum de Debates sobre Políticas de Emprego, Trabalho e Renda e de Previdência Social. O tema será apresentado aos representantes do Fórum, que vão se reunir para dar respostas à pauta apresentada pelos trabalhadores e o setor empresarial em dezembro, quando divulgaram o documento “Compromisso pelo Desenvolvimento”, sugerindo propostas como a retomada de investimentos e o aumento da produção. Além disso, será criado um cronograma e definidas as metodologias para os debates sobre a previdência. As alterações não param por aqui. Em janeiro, o Banco Central definiu as taxas de juros, um aumento já previsto pelo mercado. Isso confirma que a inflação vai continuar pressionada pelas altas de tarifas públicas e tributos.

Em meio a todos esses desfavores que a telecomunicação enfrenta, peço, encarecidamente, a unidade nas lutas, pois juntos somos mais fortes. Acredite no seu sindicato. Mantenha contato com o Sinttel-SC!

Forte abraço

Rogério Soares – Presidente12509801_10207369094297833_3833806599578934490_n

Convênios para associados: