Home » Destaque » VIVO e GVT definem PPR
ilustracao

VIVO e GVT definem PPR

Em reunião, realizada em 15 de fevereiro, a VIVO e a GVT confirmaram o pagamento e complemento da PPR (Programa na Participação de Resultados) 2015, para 29 de fevereiro. A VIVO já havia pago a antecipação de um salário a título de PPR, em julho, e acordou o pagamento do restante até o mês de março. A empresa ainda firmou que a PPR passa de 2,2 salários, em função da superação do target de quatro, dos seis, indicadores.  As informações oficiais serão confirmadas após a reunião com a CVM, prevista para o dia 22.

Na GVT o assunto é o PAD

Cerca de 11 mil trabalhadores recebem PIV. Para estes, a comissão de negociação conseguiu aumentar o target de 0,25 para 0,50 salários, isso se a meta de atingimento da GVT for alcançada na íntegra, ou seja, se o resultado for de 100%. Com isso, um trabalhador que recebe um salário de R$1.000,00, receberá R$395,41. Já os trabalhadores que não recebem PIV, o target é de 1,75 salários. Até o momento a GVT não informou os valores dos rendimentos do último semestre de 2015, que tem influência sobre o PAD (Parcelamento Administrativo de Débitos) a ser pago no dia 29 deste mês.

Ressalva: Quanto aos trabalhadores que foram desligados da VIVO e/ou da GVT, para receber o PPR ou PAD referente a 2015, deverão entrar em contato com o RH das respectivas empresas, pois o pagamento não será realizado na mesma data junto aos demais.

Qualquer dúvida, entre em contato com o RH de sua empresa ou com o Presidente do Sinttel-SC, Rogério Soares, pelo e-mail rogerio@sinttel-sc.com.br.

Convênios para associados: