Home » 2016 » Proposta das empresas da CCT é rejeitada mais uma vez

Proposta das empresas da CCT é rejeitada mais uma vez

O Sinttel-SC participou da terceira rodada de negociações da Convenção Coletiva de Trabalho Nacional das Prestadoras de Serviços em Telecomunicação 2016/2017, junto ao Sinstal – Sindicato Nacional das Empresas Prestadoras de Serviços em Telecomunicações. As empresas que fazem parte da CCT em Santa Catarina são: Seicom, EGS, Icatel, Nokia e Huawei.

Mais uma vez a proposta apresentada pelas empresas foi recusada. Isso porque o discurso continua o mesmo: “a crise econômica está afetando a economia das empresas, portanto, não há como apresentar reajustes favoráveis ao trabalhador”. Ora, patronais, não esqueçam que a mesma crise também afeta o bolso da categoria. Mas, sem levar em consideração o dia a dia dos trabalhadores, as empresas apresentaram a seguinte proposta:

Piso por função: reajuste de 10% (dez por cento), sendo: 5% a partir de abril/2016, sobre valores praticados em 31/03/2016; o valor retroativo referente ao mês de abril/2016 será pago em três parcelas, nos meses de junho/2016, julho/2016 e agosto/2016, respectivamente; reajuste de 5% a partir de dezembro/2016, sobre valores praticados em 31/03/2016.

Vale Refeição: O valor mínimo facial da refeição fica estipulado em R$16,00 (dezesseis reais), a partir de 01 de junho de 2016, e 17,00 (dezessete reais), a partir de 01 de janeiro de 2017.

Parágrafo primeiro: para as empresas que praticam valores superiores a R$16,00 (dezesseis reais), deverão reajustar o benefício e, 10% (dez por cento), a partir de 01 de junho de 2016.

Piso dos Técnicos: o Sinttel-SC reivindica uma evolução no piso dos técnicos. Quando falamos em evolução, nos referimos que esteja acima do salário mínimo nacional, um cálculo digno à categoria.

O Sinntel-SC, na condição de Sindicato de trabalhadores, insiste que a proposta não pode ser aceita pois está aquém do esperado. A data base (01 de abril) precisa ser respeitada. As empresas não apresentam coerência em evoluir a proposta e apresentam desrespeito ao se ausentarem da mesa de negociações.

Alô, categoria, precisamos nos mobilizar e unidos lutar por valores decentes e condizentes à situação econômica enfrentada todos os dias.

Fique atento ao seu Sindicato

Sinttel-SC, juntos somos mais fortes!

 

 

 

Convênios para associados: