Home » 2016 » Claro: ACT e PPR ainda sem conclusão

Claro: ACT e PPR ainda sem conclusão

Depois de tanta demora para a Claro apresentar uma proposta referente ao ACT 2016/2017 e PPR 2016, nesta terça-feira, 04, aconteceu mais uma rodada de negociações entre a empresa, a Fenattel e sindicatos a ela filiados. Acontece que tanto a Federação, quanto os representantes sindicais, estão estafados com a espera e a Operadora vai à mesa de negociações como proposta, simplesmente, RIDÍCULA. A Claro tem duas pendências com os trabalhadores: a da redação do ACT 2015/2017 que está inconclusa e o PPR 2016 que também aguarda uma resposta.

A Claro, em sua cara de pau, teve a audácia de apresentar a seguinte proposta:

  • Reajuste salarial: 3% para todos os salários, com exceção para cargos elencados nos acordos existentes, respeitando a data base de 01 de setembro.
  • Vale refeição: manter valores atuais. SEM REAJUSTE!
  • Demais benefícios: 3% em todos os benefícios, com exceção, também, para cargos elencados nos acordos existentes.

PPR: uma blasfêmia com a categoria!

  • A empresa afirma que permanece a proposta apresentada à comissão de negociações, anteriormente.

A Fenattel e o Sinttel-SC, indignados, recusaram a proposta e pediram que a empresa se comprometa em analisar os pleitos dos trabalhadores para que haja reposição de perdas salariais e ganho real para TODOS os trabalhadores da Claro e Net, empresas inscritas sob o mesmo CNPJ. Somente depois disso apresente números descentes.

Os trabalhadores aguardam uma proposta de PPR que contemple a antecipação de 1 salário, como ocorreu nos anos anteriores, sem precarização.

A Claro está ciente de que a Federação e sindicatos não aceitarão nenhuma proposta semelhante a esta. Nossa luta é pela melhoria de salários e benefícios para a categoria, afinal, é ela quem faz a empresa crescer diariamente.

 

Fique atento ao seu Sindicato.

Sinttel-SC, juntos somos mais fortes!

Convênios para associados: