Home » 2016 » Nextel e seus 4,5, 5 e 6%

Nextel e seus 4,5, 5 e 6%

A semana iniciou com grandes indignações para a Fenattel e Sinttel-SC. Nesta segunda-feira, 10/10, representantes sindicais reuniram-se com representantes da Nextel para debaterem o ACT 2016/2017 e PPR 2016, mas, sem êxito algum. Entenda o que a empresa ofereceu para o período dos próximos 11 meses, devido à mudança da data-base do mês de outubro para 01 de setembro de 2016:

  • Piso salarial: 6% em 01/09/2016
  • Salários de até R$1.500,00: 5%
  • Até 4 mil reais: 4,5%
  • Acima de 8 mil reais: parcelas fixas de R$320,00
  • Auxílio creche/PCD: 5%
  • VR/VA: SEM REAJUSTE

PPR 2016:

O Sinttel-SC e a Federação não aceitaram o oferecido pela empresa, pois está aquém das expectativas dos trabalhadores. A categoria espera pela contemplação das garantias dos anos anteriores sem qualquer precarização. Entenda:

  • Elegibilidade: 10%, obedecendo o critério de proporcionalidade para os demitidos;
  • Executivos: tirar a cláusula e colocar no ACT Principal;
  • Inclusão dos trabalhadores que recebem remuneração variável no PPR;
  • Adiantamento de 0,5 salário em outubro de 2016;
  • Target: 1,5 salário;
  • Metas: atingimento de 80%.

Quanto ao ACT 2016/2017, proposto pela Nextel, a bancada, composta pela Fentattel e sindicatos a ela filiados, reusou sem esconder a indignação com este absurdo e enfatizou a necessidade de avaliar os pleitos da categoria para que haja reposição das perdas salariais do período, além do ganho real, conforme postulado na pauta de reivindicação dos trabalhadores, descrita abaixo:

  • ACT 2016/2017: reajuste de salários e benefícios, reposição do INPC integral do período, com acréscimo de 5% de aumento real, incluindo os executivos;
  • Pauta de reivindicação: discussão das seguintes cláusulas: 7ª adiantamento do 13º salário; 15ª subsídio; 27ª trabalhadores com deficiência; 28ª garantias aos trabalhadores afastados do serviço por auxílio doença, acidente de trabalho ou doença ocupacional, casos de recusa do médico da empresa e quando ocorre demora de pagamento do INSS; 32ª vale cultura; 33ª violência doméstica, 38ª vale refeição/alimentação (em casos de afastamento); 39ª pagamento do auxílio refeição extraordinário, 40ª décima terceira cesta de benefícios; 42ª auxílio creche – 7 anos; 49ª KM; 48ª convênio farmácia; 58ª ausência justificada; 63ª adicional noturno; 64ª adicional de periculosidade; 65ª insalubridade; 68ª interrupção do trabalho; 71ª garantias dos trabalhadores com hipótese de encerramento das atividades da empresa na região; 74ª plantões de escolas e revezamento; 78ª uso de veículo/telefone celular; 81ª garantia de emprego-aposentadoria; 88ª direito à informação/quadro de avisos e 97ª garantias gerais, ressalvando sempre a aplicação das condições mais benéficas aos trabalhadores.

O Sinttel-SC, na condição de representante de trabalhadores, deixa claro que nada do que foi proposto pela empresa, foi digno de aceitação. Sendo assim, a próxima rodada de negociações foi agendada para o próxima dia 31.

14642789_1218431768198696_702694039_n

 

Fique atento ao seu Sindicato.

Sinttel-SC, juntos somos mais fortes!

 

 

Convênios para associados: