Home » 2016 » Mesmo com suas desculpas, Oi apresenta proposta

Mesmo com suas desculpas, Oi apresenta proposta

Na última reunião com a comissão de negociação da Fenattel, a Oi continuou com o discurso de dificuldade o que, mais uma vez, apresentou empecilhos para a negociação. As tratativas aconteceram em 06 e 07 de dezembro com a finalidade de encontrar alternativas para a renovação do Acordo Coletivo de Trabalho. Porém, esta foi a negociação mais difícil que já enfrentamos, pois é a primeira vez em que um Sindicato enfrenta uma operadora em condição de recuperação judicial.  Acontece que a Oi alega que está num cenário desfavorável imersa em uma dívida que já conhecemos.

O Sinttel-SC reconhece a dificuldade da empresa, mas, entende que o trabalhador não tem culpa desta situação. Foram muitas as variáveis e condicionantes que permearam o processo de negociação. Elas estiveram presentes em todo momento. Complicando, como nunca, a possibilidade de um acordo salarial.

Após os dias de debates e discussões, traremos aos trabalhadores, em assembleia, a proposta negociada:

Para os trabalhadores da Oi:

  • Reajuste salarial de 6% para todos, exceto os cargos executivos. Sendo 4% em janeiro/2017 e 2% em julho/2017;
  • Reajuste nos benefícios alimentação e creche: Sendo 5% em janeiro/2017 e 3,5% em julho/2017;
  • Adiantamento de 50% do décimo-terceiro salário de 2017 cinco dias após a assinatura do acordo coletivo
  • Adiantamento de 50% do salário referente ao Placar 2016 no dia 06 de janeiro de 2017;
  • Tíquete-extra no valor de R$ 900,00 cinco dias após assinatura do acordo coletivo;
  • Manutenção de todas as demais cláusulas do atual acordo coletivo de trabalho;
  • Acordo coletivo com vigência de 2 anos, sendo as cláusulas econômicas renegociadas em novembro/2017.

 

Para os trabalhadores da Paggo (Lojas):

  • Reajuste salarial de 6% para todos em janeiro/2017;
  • Reajuste nos benefícios alimentação e creche: Sendo 5% em janeiro/2017 e 3,5% em julho/2017;
  • Antecipação de 50% do décimo-terceiro salário de 2017 cinco dias após a assinatura do acordo coletivo;
  • Adiantamento de 30% do salario referente ao placar 2016 até o dia 10/01/2017;
  • Tíquete-extra no valor de R$ 300,00, cinco dias após a assinatura do acordo coletivo;
  • Manutenção de todas as demais cláusulas do atual acordo coletivo de trabalho;
  • Acordo coletivo com vigência de 2 anos, sendo as cláusulas econômicas renegociadas em novembro/2017.

 

ASSEMBLEIAS:

Assim, realizaremos as assembleias para deliberação, nos próximos dias. O Sinttel-SC respeitará o voto dos trabalhadores e fará valer a decisão da maioria.

Fique atento ao seu Sindicato.

Sinttel-SC, juntos somos mais fortes!

 

 

Convênios para associados: