Home » 2016 » Querem impor a assembleia dos enforcados com a ponta do laço na mão do enforcador

Querem impor a assembleia dos enforcados com a ponta do laço na mão do enforcador

Informamos aos trabalhadores da Claro S.A, de todo o Estado, a suspensão das assembleias, que seriam realizadas nesta quinta-feira, 15, na sede do Sinttel-SC. Isto porque, a Fenattel e todos os sindicatos a ela filiados não concordam com a proposta da empresa que precariza as condições de trabalho da categoria e oferece um VA de R$ 24,00.

Segue a nota oficial da FENATTEL:

NOTA OFICIAL DA FENATTEL SOBRE ILEGALIDADES DA PROPOSTA DA CLARO PARA  FINALIZAÇÂO DO ACT E VIOLAÇÃO DO PRINCÍPIO DA BOA FÉ NA NEGOCIAÇÃO COLETIVA

 

Companheiros e companheiras da CLARO,

 

As entidades sindicais que os representam não são meros cartórios homologadores de documentos da empresa.

 

O GRUPO AMERICA MOVIL foi notificado pela direção da FENATTEL que sua proposta traz grave problemas de ordem legal, a saber:

 

A) A EMPRESA quer impor unilateralmente diferenciações inaceitáveis nos benefícios, como no caso do VR com diferenças de até R$ 10,00 para menos, ao contrário de documento assinado pela empresa no início do ano, em que se comprometia a nivelar os VRS.

 

B) A EMPRESA diz que essas medidas seriam válidas apenas aos novos contratados a partir de janeiro 2017, e isso é grave: ou ela irá demitir a maior parte dos empregados e dentro de  alguns meses rebaixar o custo do ACT e assim remover conquistas dos últimos anos, o que abre espaço a outras empresas fazerem o mesmo.

 

A empresa quer impor uma divisão dentre os empregados e na categoria, ficando de um lado e em algumas funções os detentores de um VR digno e de outro lado, precarizados a maior parte dos novos empregados.

 

C) Se a empresa quiser impor uma cláusula válida só para novos contratados sem colocar em risco as conquistas dos atuais colaboradores, a alternativa apresentada pelos sindicatos foi a concessão da estabilidade dos atuais empregados por um ano.

 

D) A empresa pressiona os empregados a partir do RH, o que se configura perante a LEI como CRIME CONTRA A ORGANIZAÇÃO DO TRABALHO, a exigir uma assembleia A QUALQUER CUSTO que irá colocar a corda nos seus  próprios pescoços e AS ENTIDADES SINDICAIS NÃO EXISTEM PARA SUBMETEREM-SE A ISSO!!! NÃO CONFUNDA QUEM LHE REPRESENTA COM QUEM QUER LHE ESCRAVIZAR!

 

Hoje pela manhã (14/12/2016) o Presidente da FENATTEL fez contato com a direção da CLARO insistindo que retirassem da proposta as ilegalidades que FEREM O PRINCÍPIO DA ISONOMIA. Antes de responderem, publicaram um COMUNICADO AOS COLABORADORES, QUE É MENTIROSO, E FERE O PRINCIPIO DO RESPEITO À BOA FÉ, porque ontem dia 13/12 em comunicado nacional a todos os presidentes as ASSEMBLEIAS FORAM CANCELADAS DIANTE DA INTRANSIGÊNCIA DA EMPRESA.

 

Caso a empresa não retire as demais condições abusivas da sua proposta, como as horas em sobreaviso contra técnicos e engenheiros, as Assembleias não serão convocadas e a FENATTEL ORIENTA TODOS OS SINDICATOS FILIADOS A ENTRAREM DE IMEDIATO COM PEDIDO DE MESA REDONDA E MEDIAÇÃO EM TODAS AS 21 SRTS (Superintendências Regionais do Trabalho) e DENÚNCIAS EM TODOS OS 21 ESTADOS NO MPT – POIS É A EMPRESA QUEM desrespeita a instancia da negociação nacional e a INSTRUIRMOS COM MOBILIZAÇÕES um Dissidio Coletivo .

 

Vamos ainda Denunciar na UNI o ataque aos direitos laborais no Brasil pelo grupo América Móvil;

 

Não nos importa se maus sindicalistas de outras organizações aprovaram ilegalidades! Aqui as assembleias estão canceladas e TODA FORMA DE PRESSÃO ORQUESTRADA PELO RH SERÁ OBJETO DE BOLETIM DE OCORRÊNCIA POR CRIME CONTRA ORGANIZAÇÃO DO TRABALHO!!!

Fique atento ao seu Sindicato.

Sinttel-SC, juntos somos mais fortes!

Convênios para associados: