Home » 2017 » Carta de solidariedade

Carta de solidariedade

O Presidente do Sinttel-SC, Rogério Soares, se solidariza e compartilha a seguinte situação exposta pelo presidente de UNI Américas ICTS, que  traz uma preocupação séria e aproveita o momento para solicitar o apoio de todos, bem como do senhor José Felix, Presidente da Claro Brasil S/A.

 

“A presidenta Yuli Higuera do Sindicato Ultraclaro e os trabalhadores da Claro Colômbia estão vivendo um verdadeiro inferno por perseguição trabalhista.

 

Há cerca de 3 meses os trabalhadores e o sindicato fizeram várias mobilizações devido a alteração de jornada trabalhista, salários, metas e mudanças nos locais de trabalho, que está afetando a todos os trabalhadores da empresa.

 

O sindicato liderou uma mobilização e a empresa se viu forçada a sentar na mesa de negociação e com isso resultou um Acordo Coletivo de Trabalho, a expectativa era de ter mais dialogo social com a empresa, porém aconteceu o contrário.

 

A empresa passou a tratar com mais dureza seus trabalhadores e está aplicando sanções aos mesmos por incumprimento de metas abusivas e fez o mesmo com Yuli Higuera, numa tentativa de despedi-la e acabar com o sindicato.

 

Além disso as reestruturações continuam e há muitas mudanças de trabalhadores de um edifício a outro, colocando os mesmos em espaços apertados.

 

Na última sexta feira dia 20 de outubro, Yuli Higuera e os demais dirigentes sindicais receberam uma carta com ameaças de morte a eles e suas famílias juntamente com uma coroa de flores. Durante a semana já haviam feito fotos de Yuli em sua moto de trabalho.

 

A situação é grave e precisamos do apoio de todos.

 

UNI Américas já iniciou uma campanha a favor de Yuli e os demais membros do sindicato, com denúncias em vários órgãos internacionais.

 

Solicitamos também seu apoio para que seja investigado quem seria o autor dessas ameaças, assim como parem de imediato toda a perseguição sindical contra Yuli.

 

Ela é mulher guerreira, que não tem liberação sindical e usa seu tempo de folga e férias para cuidar do sindicato.

 

Infelizmente o Grupo América Movil é conhecido na América Latina como a multinacional mais ante sindical em nossa região, e acreditamos que essa imagem não é boa para os acionistas e os clientes do grupo.

 

Esperamos uma resposta imediata a favor de ULTRACLARO e que parem com as ameaças de morte”.

 

Em solidariedade

 

Almir Munhoz

Presidente UNI Américas ICTS

Convênios para associados: